• Grey Vimeo Ícone

Copyright © 2018 | Performa | Núcleo de Pesquisa e Criação Cênica

Em Lugar Algum/Somewhere

Este espetáculo foi feito em colaboração com a Cia Em Companhia de Estranhos. O processo criativo desse trabalho envolveu aspectos específicos, dentre eles o desenvolvimento de uma pesquisa de campo. De fato, se por um lado partiu-se de uma obra escrita por Oliver Sacks – Awakenings (Tempo de Despertar) – por outro o trabalho de campo teve um papel central nesse caso.

Nessa obra, Sacks descreve um processo em que pacientes do hospital Mount Carmel localizado no subúrbio de Nova Iorque, que sofrem de encefalite letárgica, conhecida como ‘doença do sono’, quando submetidos a um tratamento com uma substância experimental, a levodopa (L-Dopa), como que ‘despertam‘ de um sono profundo, um sono que para muitos desses pacientes teve uma duração de anos. Mas esse despertar não perdurou e os pacientes, como descreve Sacks, retornaram após um breve período, ao estado anterior. O espetáculo se concentrou nessa transição, nesse momento em que uma centelha de vida parece ter inesperadamente acendido, para em seguida voltar a se apagar.

Além do trabalho com a mimesis explorada em vários níveis, o processo criativo de Em Lugar Algum envolveu o exercício de alteridade em seu sentido profundo.

Este espetáculo foi premiado no Festival de Teatro Físico da Cultura Inglesa e participou do Festival Internacional de Teatro de Edinburgh, Fringe, na Escócia, obtendo críticas excelentes.

Ficha Técnica

 

Elenco: Ana Galotti, Eduardo de Paula, Vera Canolli, Mara Leal e Matteo Bonfitto

Iluminação: Wagner Pinto

Trilha Sonora: Marcelo Pellegrini

Direção: Beth Lopes

1/1

Visualize e/ou Baixe o arquivo com o Clipping de Em Algum Lugar/Somewhere

logo16.png